CloudCross (Português)

From ArchWiki
Jump to navigation Jump to search
Status de tradução: Esse artigo é uma tradução de CloudCross. Data da última tradução: 2018-10-31. Você pode ajudar a sincronizar a tradução, se houver alterações na versão em inglês.

De CloudCross:

O CloudCross é um projeto de código aberto para uma sincronização entre seus dispositivos e vários armazenamentos em nuvem. [...] CloudCross permite sincronizar todos os seus arquivos locais ou apenas uma parte dos arquivos e pastas locais/remotas usando as listas negra ou branca (arquivos .include e .exclude). Ao mesmo tempo, você tem a oportunidade de escolher quais arquivos têm a vantagem - local ou remota. Assim, você pode manter a relevância de arquivos locais ou arquivos no armazenamento em nuvem.

Está escrito em Qt sem o uso de outra biblioteca de terceiros e atualmente é compatível com o Microsoft OneDrive, o Google Drive, o Dropbox, o Yandex Disk e o Cloud Mail.ru.

Recursos principais:

  • Suporte à conversão bidirecional de documentos ao sincronizar a partir do formato MS/Libre/Open Office para o Google Docs e de volta
  • Suporte às chamadas listas negras e listas brancas de arquivos envolvidos na sincronização.
  • Definição de preferências de arquivos locais ou remotos com as mudanças, o estado do qual será sincronizado.
  • Gerência da criação de novas versões de arquivos no Google Drive.
  • Possibilidade de download forçado ou upload de arquivos.
  • Capacidade de direcionar o download do arquivo para a nuvem no link para download.

O CloudCross pode ser usado em diferentes situações quando necessário para sincronizar arquivos locais com os arquivos na nuvem. Pode ser, por exemplo, a duplicação de arquivos em um armazenamento remoto, trabalhando em conjunto com o Google Docs ou backup.

Instalação

Instale o pacote cloudcrossAUR.

Uso

Veja a página man ccross(1) ou o uso online.

Para começar, mude para o diretório que deseja sincronizar e execute:

$ ccross --auth --provider nome_provedor

Você será solicitado a copiar o link e colá-lo em seu navegador. Após o link proposto, você faz login na sua conta do Google e solicita permissão para usar os aplicativos da CloudCross. Depois disso, você receberá um código de confirmação para ser inserido no programa. Depois de passar a autenticação, o programa está pronto para funcionar.

Solução de problemas

Ao usar o CloudCross pode ter alguns problemas.

Excluir arquivos em vez de baixar

Quando você inicia a sincronização para uma pasta vazia, em vez de baixar arquivos do armazenamento remoto, os arquivos da nuvem são excluídos. Isso ocorre porque o programa está priorizando arquivos locais por padrão. Para evitar isso, use a opção de inicialização --prefer remote.

$ ccross --prefer remote

Mas, em qualquer caso, é preciso lembrar que nenhum arquivo local ou remoto não é excluído permanentemente. Você sempre pode recuperá-los nas pastas sincronizadas cloud (se suportada pelo serviço) ou .trash.

Constante upload/download de arquivos de escritório

Quando você sincroniza com o Google Drive, se a opção --convert-doc for usada, você poderá ver os arquivos enviados inalterados sendo sincronizados novamente. Isso não é um erro. Isso acontece porque a conversão de formato de arquivo altera a soma de verificação do arquivo sem alterar seu conteúdo, portanto, ccross tenta sincronizá-lo, assumindo que o arquivo foi alterado. Se o arquivo foi modificado desde a última sincronização, cross sincronizará a versão mais nova do arquivo.

Veja também