Keyboard backlight (Português)

From ArchWiki
Jump to: navigation, search
Status de tradução: Esse artigo é uma tradução de Keyboard backlight. Data da última tradução: 2018-10-31. Você pode ajudar a sincronizar a tradução, se houver alterações na versão em inglês.

Qualquer fornecedor

Você pode controlar a luz de fundo do teclado do seu computador através da interface D-Bus. Os benefícios de usá-lo são que nenhuma modificação nos arquivos do dispositivo é necessária e é independente do fornecedor.

Aqui está um exemplo de implementação no Python 3.

Instale os pacotes upower e python-dbus e coloque o seguinte script em /usr/local/bin/ e torne-o executável. Você pode mapear seus atalhos de teclado para executar /usr/local/bin/kb-light.py + x e /usr/local/bin/kb-light.py - x para aumentar e diminuir o nível de luz de fundo do teclado até x.

Dica: Você deve tentar com um x=1 para determinar os limites dos níveis de luz de fundo do teclado
/usr/local/bin/kb-light.py
#!/usr/bin/env python3

import dbus
import sys

def kb_light_set(delta):
    bus = dbus.SystemBus()
    kbd_backlight_proxy = bus.get_object('org.freedesktop.UPower', '/org/freedesktop/UPower/KbdBacklight')
    kbd_backlight = dbus.Interface(kbd_backlight_proxy, 'org.freedesktop.UPower.KbdBacklight')

    current = kbd_backlight.GetBrightness()
    maximum = kbd_backlight.GetMaxBrightness()
    new = max(0, min(current + delta, maximum))

    if 0 <= new  <= maximum:
        current = new
        kbd_backlight.SetBrightness(current)

    # Return current backlight level percentage
    return 100 * current / maximum

if __name__ ==  '__main__':
    if len(sys.argv) == 2 or len(sys.argv) == 3:
        if sys.argv[1] == "--up" or sys.argv[1] == "+":
            if len(sys.argv) == 3:
                print(kb_light_set(int(sys.argv[2])))
            else:
                print(kb_light_set(17))
        elif sys.argv[1] == "--down" or sys.argv[1] == "-":
            if len(sys.argv) == 3:
                print(kb_light_set(-int(sys.argv[2])))
            else:
                print(kb_light_set(-17))
        else:
            print("Unknown argument:", sys.argv[1])
    else:
        print("Script takes one or two argument.", len(sys.argv) - 1, "arguments provided.")


Alternativamente, o seguinte bash de uma linha irá definir a luz de fundo para o valor especificado no argumento:


setKeyboardLight () {
    dbus-send --system --type=method_call  --dest="org.freedesktop.UPower" "/org/freedesktop/UPower/KbdBacklight" "org.freedesktop.UPower.KbdBacklight.SetBrightness" int32:$1 
}

Asus

Atenção: O seguinte caminho não é recomendado. Ele fornece permissões de gravação para qualquer pessoal para o arquivo de dispositivo de luz de fundo do teclado, o que significa que todo e qualquer usuário pode controlá-lo.

O arquivo de luz de fundo do teclado é geralmente bloqueado para edição. Para desbloquear este arquivo na inicialização, você precisará criar um serviço systemd.

/usr/lib/systemd/system/asus-kbd-backlight.service
[Unit]
Description=Asus Keyboard Backlight
Wants=systemd-backlight@leds:asus::kbd_backlight.service
After=systemd-backlight@leds:asus::kbd_backlight.service

[Service]
Type=oneshot
RemainAfterExit=yes
ExecStart=/bin/chmod 666 /sys/class/leds/asus::kbd_backlight/brightness

[Install]
WantedBy=multi-user.target

Agora você pode usar um script de troca de luz de fundo do teclado. Por exemplo, veja ASUS G55VW#keyboard backlight script.

Para um exemplo de como você pode configurar um daemon minúsculo (executando-o como root) que edita esses arquivos, conecte-os a dbus e mapeie as teclas de brilho do teclado para dbus chamadas de método, consulte [1].