OpenConnect (Português)

From ArchWiki
Jump to navigation Jump to search
Status de tradução: Esse artigo é uma tradução de OpenConnect. Data da última tradução: 2019-03-20. Você pode ajudar a sincronizar a tradução, se houver alterações na versão em inglês.

OpenConnect é um cliente para o AnyConnect SSL VPN da Cisco e o Pulse Connect Secure da Pulse Secure.

Instalação

Instale o pacote openconnect.

Uso

Veja openconnect(8). Basta executar openconnect como root e inserir seu nome de usuário e senha quando solicitado:

# openconnect vpnserver

Invocação mais avançada com nome de usuário e senha. Insira a senha após executar o comando.

# openconnect -u user --passwd-on-stdin vpnserver

Muitas vezes, o provedor de VPN oferece diferentes grupos de autenticação para diferentes configurações de acesso, como, por exemplo, para um túnel completo ou uma conexão de túnel dividida. Para mostrar os diferentes grupos de autenticação oferecidos e obter mais informações sobre a conexão com o servidor em geral, use:

# openconnect --authenticate servidorvpn

Cliente Juniper Pulse

Para conectar a um servidor Pulse Connect Secure, você precisa saber a SHA-1 de seu certificado.

# openconnect --servercert=sha1:<HASH> --authgroup="single-Factor Pulse Clients" --protocol=nc <ENDEREÇO_SERVIDOR_VPN>/dana-na/auth/url_6/welcome.cgi --pid-file="/var/run/work-vpn.pid" --user=<NOME_DE_USUÁRIO>

Roteamento dividido

O roteamento dividido pode ser obtido usando-se vpn-slice-gitAUR no lugar do vpnc-script, para que você possa acessar seletivamente os hosts através da VPN, mas permanecer em sua própria LAN. Exemplo:

   sh
   $ sudo openconnect gateway.bigcorp.com -u user1234 \
       -s 'vpn-slice 192.168.1.0/24 hostname1 alias2=alias2.bigcorp.com=192.168.1.43'
   $ cat /etc/hosts
   ...
   192.168.1.1 dns0.tun0					# vpn-slice-tun0 AUTOCREATED
   192.168.1.2 dns1.tun0					# vpn-slice-tun0 AUTOCREATED
   192.168.1.57 hostname1 hostname1.bigcorp.com		# vpn-slice-tun0 AUTOCREATED
   192.168.1.43 alias2 alias2.bigcorp.com		# vpn-slice-tun0 AUTOCREATED

Integração

NetworkManager

Instale o pacote networkmanager-openconnect. Então, configure e conecte com o nm-applet (utilitário de área de notificação do NetworkManager de network-manager-applet) ou utilitário similar. Após a instalação, reinicie o NetworkManager.service.

Veja NetworkManager para detalhes.

netctl

Um netctl.profile(5) simples de tuntap pode ser usado para integrar o OpenConnect no fluxo de trabalho normal do Netctl. Por exemplo:

/etc/netctl/vpn
Description='VPN'
Interface=vpn
Connection=tuntap
Mode=tun
#User=root
#Group=root

BindsToInterfaces=(enp0s25 wlp2s0)
IP=no

PIDFILE=/run/openconnect_${Interface}.pid
SERVER=vpn.example.net
AUTHGROUP='<GRUPO_DE_AUTH>'
LOCAL_USERNAME=<NOME_DE_USUÁRIO_LOCAL>
REMOTE_USERNAME=<NOME_DE_USUÁRIO_VPN>
# Assuming the use of pass(1): 
PASSWORD_CMD="su ${LOCAL_USERNAME} -c \"pass ${REMOTE_USERNAME} | head -n 1\""

ExecUpPost="${PASSWORD_CMD} | /usr/bin/openconnect --background --pid-file=${PIDFILE} --interface='${Interface}' --authgroup='${AUTHGROUP}' --user='${REMOTE_USERNAME}' --passwd-on-stdin ${SERVER}"
ExecDownPre="kill -INT $(cat ${PIDFILE}) ; resolvconf -d ${Interface} ; ip link delete ${Interface}"

Isso permite uma execução como:

$ netctl start vpn
$ netctl restart vpn
$ netctl stop vpn

Observe que isso depende de LOCAL_USERNAME ter um gpg-agent em execução, com a senha para a chave PGP já em cache.

Se uma consulta interativa do pass for desejado, use a seguinte linha para PASSWORD_CMD:

DISPLAY=":0"
PASSWORD_CMD="su ${LOCAL_USERNAME} -c \"DISPLAY=${DISPLAY} pass ${REMOTE_USERNAME} | head -n 1\""

Ajuste a variável DISPLAY conforme necessário.