Difference between revisions of "Beginners' Guide/Preparation (Português)"

From ArchWiki
Jump to: navigation, search
(wikify some external links, use https for archlinux.org)
(17 intermediate revisions by 5 users not shown)
Line 1: Line 1:
 
<noinclude>
 
<noinclude>
[[Category:Obtendo e instalando o Arch (Português)]] [[Category:Sobre o Arch (Português)]]
+
[[Category:Getting and installing Arch (Português)]]
[[Category:Website Resources]]
+
[[Category:About Arch (Português)]]
{{i18n|Beginners' Guide/Preparation}}
+
[[da:Beginners' Guide/Preparation]]
{{Nota|Esta é parte de um artigo multi-páginas de "Beginners' Guide" ("Guia para Iniciantes"). '''[[Beginners' Guide_(Português)|Clique aqui]]''' se preferir ler o artigo completo.}}
+
[[en:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[es:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[hr:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[hu:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[id:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[it:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[ko:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[ru:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[sr:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
[[zh-CN:Beginners' Guide/Preparation]]
 +
{{Dica|Esta é parte de um artigo multi-páginas do "The Beginners' Guide" ("O Guia para Iniciantes"). '''[[Beginners' Guide_(Português)|Clique aqui]]''' se preferir ler o artigo completo.}}
 
</noinclude>
 
</noinclude>
 
==Preparar a Instalação==
 
==Preparar a Instalação==
  
{{Nota|Se você desejar instalar em outra partição a partir de uma distribuição GNU/Linux já existente ou o LiveCD, por favor veja [[Install from Existing Linux|este artigo de wiki]] para obter as etapas para fazer isso. Isso pode ser útil especialmente se você planeja instalar o Arch via VNC ou SSH remotamente. O seguinte artigo assume que a instalação ocorrerá por meios convencionais.}}
+
{{Nota|Se você desejar instalar em outra partição a partir de uma distribuição GNU/Linux já existente ou o LiveCD, por favor veja [[Install from Existing Linux (Português)|este artigo de wiki]] para obter as etapas para fazer isso. Isso pode ser útil especialmente se você planeja instalar o Arch via VNC ou SSH remotamente. O seguinte artigo assume que a instalação ocorrerá por meios convencionais.}}
  
 
===Obtendo a última mídia de Instalação===
 
===Obtendo a última mídia de Instalação===
  
Você pode obter a mídia oficial de instalação do Arch [http://archlinux.org/download/ aqui]. A última versão é a 2010.05
+
Você pode obter a mídia de instalação [https://archlinux.org/download/ here]. No atual momento, a última versão disponível é a 2012.10.06 do qual este guia trata. Lançamentos antigos podem ser encontrados no  [https://releng.archlinux.org/isos/ seguinte link] ''(e estes não são mais oficialmente suportados) ''.
  
* Ambas as imagens Core e Netinstall fornecem apenas os pacotes necessários para criar um '''sistema básico Arch Linux'''. ''Observe que o sistema básico não inclui uma interface gráfica. É composto, principalmente, das ferramentas GNU (compilador, assembler, linker, bibliotecas, shell e utilitários), o kernel do Linux, e uns poucos acréscimos de bibliotecas e módulos.''
+
====Verificação de integridade da imagem====
* Imagens Core facilitam tanto a instalação a partir do CD como pela rede.
+
* Imagens Netinstall são menores e não oferecem pacotes próprios; todo o sistema é recuperado através da Internet.
+
* [[Arch64_FAQ|O FAQ do Arch64]] pode ajudar você a escolher entre as versões 32-, 64-bits e ambas.
+
* Lembre-se de baixar os arquivos txt de verificação (checksum) junto com a ISO escolhida.
+
  
Imagens de pré-lançamento também estão disponíveis e podem ser baixadas [http://releng.archlinux.org/isos/ aqui]. '''Não se trata de lançamentos oficiais e por isso não são oficialmente suportadas.''' Elas só devem ser utilizadas se as imagens de instalação oficial não funcionarem com o hardware atual do seu sistema e se você suspeitar de que as imagens mais recentes terão os drivers apropriados.
+
A verificação da iso pode ser feita das seguintes formas:
  
====Verifique a Integridade dos Arquivos Transferidos====
+
  $ sha1sum --check arquivo_com_checksum_sha1.txt archlinux_versao.iso
  
Mude (<code>cd</code>) para o diretório onde os arquivos baixados foram colocados, e invoque <code>sha1sum</code>:
+
ou
{{Cli|$ sha1sum --check nome_do_arquivo_de_verificação.txt nome_do_arquivo_iso_selecionado.iso}}
+
Isso deve resultar em "OK". (Simplesmente ignore outras linhas.) Caso contrário, baixar todos os arquivos novamente.
+
A verificação md5sum funciona da mesma maneira.
+
  
====Instalar Sobre a Rede====
+
  $ md5sum --check arquivo_com_checksum_md5.txt archlinux_versao.iso
  
Em vez de gravar o disco de boot numa unidade USB ou disco, você poderá alternativamente inicializar a imagem .iso através da rede. Isso funciona bem quando você já tiver um servidor configurado. Por favor, veja [[Install Arch from network (via PXE)|este artigo]] para obter mais informações, e depois continue em [[#Carregar o Instalador Arch Linux|Carregar o Instalador Arch Linux]]
+
Os arquivos contendo as somas de verificação podem ser encontrados [https://www.archlinux.org/download/ aqui], na sessão ''Checksums''. Atente-se apenas para baixar o arquivo de soma correspondente ao algorítmo utilizado(md5 ou sha1) e a versão do Arch Linux que você efetuou download.
  
====CD de instalação====
+
====Instalação através de mídia (CD/DVD) ou Pendrive====
 +
 
 +
* Grave o arquivo de imagem .iso em um CD ou DVD utilizando um programa para gravar software de sua preferência
  
Grave o arquivo de imagem .iso num CD ou DVD com o seu software gravador de CD/DVD preferido, e continue em [[#Carregar o Instalador Arch Linux|Carregar o Instalador Arch Linux]]
 
 
{{Nota| A qualidade dos discos ópticos, bem como da mídia CD em si, variam muito. Geralmente usar uma velocidade lenta de gravação é recomendado para gravações confiáveis; Alguns usuários recomendam velocidades '''''tão baixas como 4x ou 2x.''''' Se você está tendo um comportamento inesperado do CD, tente gravar na velocidade mínima suportada pelo seu sistema.}}
 
{{Nota| A qualidade dos discos ópticos, bem como da mídia CD em si, variam muito. Geralmente usar uma velocidade lenta de gravação é recomendado para gravações confiáveis; Alguns usuários recomendam velocidades '''''tão baixas como 4x ou 2x.''''' Se você está tendo um comportamento inesperado do CD, tente gravar na velocidade mínima suportada pelo seu sistema.}}
  
====Dispositivo de memória flash ou pen-drive USB====
+
* Alternativamente, você pode gravar a imagem do Arch Linux em um dispositivo de memória flash(pendrive). Para instruções detalhadas acesse [[Install from a USB flash drive (Português)|Instalar a partir de um drive flash USB]]
  
Veja [[Install_from_a_USB_flash_drive|Instalar a partir de um drive flash USB]] para instruções mais detalhadas.
+
====Instalação via Rede====
  
Este método funciona para qualquer tipo de mídia flash a partir da qual o BIOS permite a você realizar o boot, seja ele um leitor de cartão ou porta USB.
+
Em vez de gravar o disco de boot em uma unidade USB ou disco, você poderá alternativamente inicializar a imagem .iso através da rede. Isso funciona bem quando você já tiver um servidor configurado. Por favor, veja [[Install Arch from network (via PXE)|este artigo]] para obter mais informações, e depois continue em [[#Inicializar o Instalador Arch Linux|Inicializar o Instalador Arch Linux]]
  
{{Atenção|Esse procedimento irá destruir irremediavelmente todos os dados na mídia! Além disso, tenha muito cuidado quando você envia a imagem ISO, <code>dd</code> irá obedientemente escrever em qualquer alvo que você apontar, mesmo que seja o seu disco rígido.}}
+
====Instalação em Máquina Virtual====
  
=====Método *nix=====
+
A instalação em uma [[pt:Wikipedia:Maquina Virtual|máquina virtual]] é uma boa forma de familiarização com o Arch Linux e seu processo de instalação, sem correr os riscos de afetar seu sistema operacional atual, ou alterar o particionamento de seus discos. Também é uma forma eficiente de lhe manter acessível a este guia enquanto efetua a instalação. Alguns usuários acharão vantajoso ter uma instalação independente do Arch Linuxm em um drive virtual, para propósitos de testes.
  
Insira um dispositivo flash vazio ou expansível, determine o seu caminho, e grave o ISO para o dispositivo com o programa <code>dd</code>:
+
Exemplos de softwares de virtualização: [[VirtualBox]], [[VMware]], [[QEMU]], [[Xen]], [[Varch]], [[Parallels]].
  
{{cli|<nowiki># dd if=archlinux-2010.05-''{core|netinstall}''-''{i686|x86_64|dual}''.iso of=/dev/sd''x''</nowiki>}}
+
O procedimento exato de criação de uma máquina virtual depende do programa utilizado, porém, tal processo pode ser generalizado nos seguintes passos:
  
onde <code>if=</code> é o caminho para o arquivo .iso e <code>of=</code> é o seu dispositivo flash. Certifique-se de usar {{Filename|/dev/sd'''x'''}} e não {{Filename|/dev/sd'''x1'''}}. Você vai precisar de um dispositivo de memória flash grande o suficiente para acomodar a imagem.
+
# Criação do disco de máquina virtual no sistema hospedeiro.
 +
# Configuração dos parametros da máquina virtual.
 +
# Configuração de boot através da ISO baixada, através de um drive de CD virtual.
 +
# Continua em [#Inicializar o Instalador Arch Linux|Inicializar o Instalador Arch Linux]].
  
Para verificar se a imagem foi gravada com sucesso no dispositivo flash, tome nota do número de registros (blocos) lidos e gravados, e em seguida, realizar a operação a seguir:
+
Alguns artigos que podem ser úteis:
  
{{cli|<nowiki> $ dd if=/dev/sd''x'' count=''número_de_registros'' status=noxfer | md5sum</nowiki>}}
+
* [[Arch Linux VirtualBox Guest]]
 +
* [[Installing Arch Linux from VirtualBox]]
 +
* [[VirtualBox Arch Linux Guest On Physical Drive]]
 +
* [[Installing Arch Linux in VMware]]
 +
* [[Moving an existing install into (or out of) a virtual machine]]
  
O retorno do md5sum deve coincidir com o [ftp://ftp.archlinux.org/iso/2010.05/md5sums.txt md5sum do arquivo de imagem archlinux baixado (2010.05)]; ambas devem combinar o md5sum da imagem conforme listado no arquivo md5sums no espelho do site de distribuição. Um processo normal será parecido com este:
+
===Inicializar o Instalador Arch Linux===
{{Command|<nowiki>[sudo] dd if=archlinux-2010.05-core-i686.iso of=/dev/sdc #Grava o .iso no drive</nowiki>|<nowiki> 744973+0 records in
+
744973+0 records out
+
381426176 bytes (381 MB) copied, 106.611 s, 3.6 MB/s
+
</nowiki>}}
+
  
{{Command|<nowiki>[sudo] dd if=/dev/sdc count=744973 status=noxfer | md5sum #Verifica a integridade</nowiki>| 4850d533ddd343b80507543536258229  -
+
Primeiramente, você deverá alterar a ordem de boot na BIOS de seu computador. Para executar tal tarefa, você terá que pressionar uma das seguintes teclas durante a fase de POST(Power On Self-Test): {{Keypress|Delete}}, {{Keypress|F1}}, {{Keypress|F2}}, {{Keypress|F11}} ou {{Keypress|F12}}. Configurado o método de boot, selecione a opção "Boot Arch Linux" e pressione {{Keypress|Enter}} para iniciar a instalação.
744973+0 records in
+
744973+0 records out}}
+
  
Continue em [[#Carregar o Instalador Arch Linux|Carregar o Instalador Arch Linux]]
 
 
=====Método para Microsoft Windows=====
 
 
Baixe o "Disk Imager" a partir de https://launchpad.net/win32-image-writer/+download. Insira a mídia flash. Inicie o Disk Imager e selecione o arquivo de imagem (Disk Imager só aceita arquivos *.IMG, então você tem que colocar "*.iso" no diálogo de abrir arquivo para selecionar o instantâneo do Arch). Selecione a letra da unidade associada à unidade flash. Clique em "write" (gravar).
 
 
Existem também outras soluções para a [[Install_from_a_USB_flash_drive#On_Windows|gravação de imagens ISO bootáveis para pen-drives USB]]. Se você tiver problemas com desconexão de pen-drives USB, tente usar outra porta USB e/ou cabo.
 
 
Continue em [[#Carregar o Instalador Arch Linux|Carregar o Instalador Arch Linux]]
 
 
===Carregar o Instalador Arch Linux===
 
 
{{Dica|A memória requerida para uma instalação básica é de 64 MB de RAM.}}
 
{{Dica|A memória requerida para uma instalação básica é de 64 MB de RAM.}}
  
 
{{Dica|Durante o processo, a protecção de tela automática pode surgir. Se isto ocorrer, pode-se pressionar a tecla Alt com segurança para retornar para a exibição normal.}}
 
{{Dica|Durante o processo, a protecção de tela automática pode surgir. Se isto ocorrer, pode-se pressionar a tecla Alt com segurança para retornar para a exibição normal.}}
  
====Boot a partir de Mídia====
+
{{Nota|Usuários que buscam realizar a instalação do Arch Linux remotamente através de uma conexão ssh são incentivados a fazer alguns ajustes neste momento para permitir conexões ssh diretamente para o ambiente CD ao vivo. Se estiver interessado, consulte o artigo [[Install from SSH (Português)|Instalar a partir de SSH]].}}
Insert the CD or Flash media you prepared, and boot from it. You may have to
+
change the boot order in your computer BIOS or press a key (usually DEL, F1, F2, F11 or F12) during the BIOS POST (Power On Self-Test) phase.
+
  
'''Main Menu:''' The main menu should be displayed at this point.  Select the preferred choice by using the arrow keys to highlight your choice, and then by pressing Enter. Menus vary slightly among the different ISOs.
+
==== Testando se inicialização é do tipo UEFI ====
  
{{Note|Users seeking to perform the Arch Linux installation remotely via an ssh connection are encouraged to make a few tweaks at this point to enable ssh connections directly to the live CD environment.  If interested, see the [[Install from SSH]] article.}}
+
Caso você possua uma placa-mãe [[UEFI]], o CD/USB irá lançar uma Shell UEFI mostrando a mensagem que o script {{ic|startup.nsh}} foi executado. Confie neste script e o execute. Então, para verificar se você inicializou no modo UEFI, carregue o módulo do kernel {{ic|efivars}} (antes do chroot) e então verifique se existem arquivos em {{ic|/sys/firmware/efi/vars/}}:
  
====OS System Start====
+
# modprobe efivars      # before chrooting
The system will now load and present a login prompt. Login as 'root', without the quotes.
+
# ls -1 /sys/firmware/efi/vars/
  
If using an Intel video chipset and the screen goes blank during the boot process, the problem is likely an issue with kernel mode setting. A possible workaround may be achieved by rebooting and pressing <Tab> at the GRUB menu to enter kernel options. At the end of the kernel line, add a space and then:
+
{{Nota|O módulo do kernel {{ic|efivars}} detecta e povoa as variáveis de execução da UEFI em {{ic|/sys/firmware/efi/vars}}. Este módulo '''não''' é carregado automaticamente durante o processo de boot, e enquanto este módulo estiver carregado, e o kernel '''não possuir''' o parametro {{ic|noefi}} configurado, o diretório {{ic|/sys/firmware/efi/vars}} permanecerá vazio. Estar variáveis serão modificadas mais tarde pelo {{ic|efibootmgr}} para adicionar ao bootloader entradas no menu de boot UEFI. No modo BIOS, o modprobe não exibirá erros sobre o módulo efivars. A forma correta de detectar um boot UEFI é verificar a existência de arquivos em {{ic|/sys/firmware/efi/vars}} .}}
i915.modeset=0
+
Alternatively, add:
+
video=SVIDEO-1:d
+
which (if it works) will not disable kernel mode setting.
+
  
When done making any changes to any menu command, simply press "Enter" to boot with that setup.
+
====Verificando problemas de inicialização====
  
See [[Intel| the Intel article]] for more information.
+
*Caso você utilize um dispositivo gráfico da Intel e a tela continua branca durante todo o processo de inicialização, há grandes chances de que o problema seja relacionado ao Kernel Mode Setting ([[KMS]]). Uma possível solução de contorno pode ser reiniciar o computador pressionando {{Keypress|Tab}} em cima da entrada do menu que você irá escolher(i686 or x86_64). A partir daqui, digite o parâmetro {{ic|nomodeset}} e pressione {{Keypress|Enter}}. Alternativamente, tente {{ic|1=video=SVIDEO-1:d}} que, caso funcione, não irá desabilitar completamente o KMS. Veja o artigo [[Intel]] para maiores informações.
  
====Changing the keymap====
+
* Caso a tela ''não'' fique branca, porém o processo de inicialização permanece parado no momento da carga do Kernel, pressione {{Keypress|Tab}} na entrada de menu como descrito acima, e adiciona {{ic|1=acpi=off}} ao final da linha, e então pressione {{Keypress|Enter}}.
If you have a non-US keyboard layout you can interactively choose your keymap/console font with the command:
+
<noinclude> {{Beginners' Guide navigation (Português)}}</noinclude>
{{cli|# km}}
+
or use the loadkeys command:
+
{{cli|# loadkeys ''layout''}}
+
where ''layout'' is your keyboard layout such as &quot;<code>fr</code>&quot; or &quot;<code>be-latin1</code>&quot;
+
 
+
====Documentation====
+
The official install guide is conveniently available right on the live system! To access it, change to tty2 (virtual console #2) with <ALT>+F2, log in as "root" and then invoke <code>/usr/bin/less</code> by typing in the following at the # prompt:
+
{{Cli|# less /usr/share/aif/docs/official_installation_guide_en}}
+
<code>less</code> will allow you to page through the document.
+
 
+
Change back to tty1 with <ALT>+F1 to follow the rest of the install process.  (Change back to tty2 at any time if you need to reference the Official Guide as you progress through the installation process.)
+
 
+
{{tip|Please note that the official guide only covers installation and configuration of the base system. Once that is installed, it is strongly recommended that you come back here to the wiki to find out more about post-installation considerations and other related issues.}}<noinclude>
+
 
+
{{Beginners' Guide navigation}}
+
</noinclude>
+

Revision as of 04:00, 3 December 2012

Dica: Esta é parte de um artigo multi-páginas do "The Beginners' Guide" ("O Guia para Iniciantes"). Clique aqui se preferir ler o artigo completo.

Preparar a Instalação

Nota: Se você desejar instalar em outra partição a partir de uma distribuição GNU/Linux já existente ou o LiveCD, por favor veja este artigo de wiki para obter as etapas para fazer isso. Isso pode ser útil especialmente se você planeja instalar o Arch via VNC ou SSH remotamente. O seguinte artigo assume que a instalação ocorrerá por meios convencionais.

Obtendo a última mídia de Instalação

Você pode obter a mídia de instalação here. No atual momento, a última versão disponível é a 2012.10.06 do qual este guia trata. Lançamentos antigos podem ser encontrados no seguinte link (e estes não são mais oficialmente suportados) .

Verificação de integridade da imagem

A verificação da iso pode ser feita das seguintes formas:

 $ sha1sum --check arquivo_com_checksum_sha1.txt archlinux_versao.iso

ou

 $ md5sum --check arquivo_com_checksum_md5.txt archlinux_versao.iso

Os arquivos contendo as somas de verificação podem ser encontrados aqui, na sessão Checksums. Atente-se apenas para baixar o arquivo de soma correspondente ao algorítmo utilizado(md5 ou sha1) e a versão do Arch Linux que você efetuou download.

Instalação através de mídia (CD/DVD) ou Pendrive

  • Grave o arquivo de imagem .iso em um CD ou DVD utilizando um programa para gravar software de sua preferência
Nota: A qualidade dos discos ópticos, bem como da mídia CD em si, variam muito. Geralmente usar uma velocidade lenta de gravação é recomendado para gravações confiáveis; Alguns usuários recomendam velocidades tão baixas como 4x ou 2x. Se você está tendo um comportamento inesperado do CD, tente gravar na velocidade mínima suportada pelo seu sistema.

Instalação via Rede

Em vez de gravar o disco de boot em uma unidade USB ou disco, você poderá alternativamente inicializar a imagem .iso através da rede. Isso funciona bem quando você já tiver um servidor configurado. Por favor, veja este artigo para obter mais informações, e depois continue em Inicializar o Instalador Arch Linux

Instalação em Máquina Virtual

A instalação em uma é uma boa forma de familiarização com o Arch Linux e seu processo de instalação, sem correr os riscos de afetar seu sistema operacional atual, ou alterar o particionamento de seus discos. Também é uma forma eficiente de lhe manter acessível a este guia enquanto efetua a instalação. Alguns usuários acharão vantajoso ter uma instalação independente do Arch Linuxm em um drive virtual, para propósitos de testes.

Exemplos de softwares de virtualização: VirtualBox, VMware, QEMU, Xen, Varch, Parallels.

O procedimento exato de criação de uma máquina virtual depende do programa utilizado, porém, tal processo pode ser generalizado nos seguintes passos:

  1. Criação do disco de máquina virtual no sistema hospedeiro.
  2. Configuração dos parametros da máquina virtual.
  3. Configuração de boot através da ISO baixada, através de um drive de CD virtual.
  4. Continua em [#Inicializar o Instalador Arch Linux|Inicializar o Instalador Arch Linux]].

Alguns artigos que podem ser úteis:

Inicializar o Instalador Arch Linux

Primeiramente, você deverá alterar a ordem de boot na BIOS de seu computador. Para executar tal tarefa, você terá que pressionar uma das seguintes teclas durante a fase de POST(Power On Self-Test): Template:Keypress, Template:Keypress, Template:Keypress, Template:Keypress ou Template:Keypress. Configurado o método de boot, selecione a opção "Boot Arch Linux" e pressione Template:Keypress para iniciar a instalação.

Dica: A memória requerida para uma instalação básica é de 64 MB de RAM.
Dica: Durante o processo, a protecção de tela automática pode surgir. Se isto ocorrer, pode-se pressionar a tecla Alt com segurança para retornar para a exibição normal.
Nota: Usuários que buscam realizar a instalação do Arch Linux remotamente através de uma conexão ssh são incentivados a fazer alguns ajustes neste momento para permitir conexões ssh diretamente para o ambiente CD ao vivo. Se estiver interessado, consulte o artigo Instalar a partir de SSH.

Testando se inicialização é do tipo UEFI

Caso você possua uma placa-mãe UEFI, o CD/USB irá lançar uma Shell UEFI mostrando a mensagem que o script startup.nsh foi executado. Confie neste script e o execute. Então, para verificar se você inicializou no modo UEFI, carregue o módulo do kernel efivars (antes do chroot) e então verifique se existem arquivos em /sys/firmware/efi/vars/:

# modprobe efivars       # before chrooting
# ls -1 /sys/firmware/efi/vars/
Nota: O módulo do kernel efivars detecta e povoa as variáveis de execução da UEFI em /sys/firmware/efi/vars. Este módulo não é carregado automaticamente durante o processo de boot, e enquanto este módulo estiver carregado, e o kernel não possuir o parametro noefi configurado, o diretório /sys/firmware/efi/vars permanecerá vazio. Estar variáveis serão modificadas mais tarde pelo efibootmgr para adicionar ao bootloader entradas no menu de boot UEFI. No modo BIOS, o modprobe não exibirá erros sobre o módulo efivars. A forma correta de detectar um boot UEFI é verificar a existência de arquivos em /sys/firmware/efi/vars .

Verificando problemas de inicialização

  • Caso você utilize um dispositivo gráfico da Intel e a tela continua branca durante todo o processo de inicialização, há grandes chances de que o problema seja relacionado ao Kernel Mode Setting (KMS). Uma possível solução de contorno pode ser reiniciar o computador pressionando Template:Keypress em cima da entrada do menu que você irá escolher(i686 or x86_64). A partir daqui, digite o parâmetro nomodeset e pressione Template:Keypress. Alternativamente, tente video=SVIDEO-1:d que, caso funcione, não irá desabilitar completamente o KMS. Veja o artigo Intel para maiores informações.
  • Caso a tela não fique branca, porém o processo de inicialização permanece parado no momento da carga do Kernel, pressione Template:Keypress na entrada de menu como descrito acima, e adiciona acpi=off ao final da linha, e então pressione Template:Keypress.
Template:Beginners' Guide navigation (Português)