GDM (Português)

From ArchWiki
Revision as of 10:42, 21 December 2011 by Kynikos (Talk | contribs) (update templates, see Help:Style)

Jump to: navigation, search

This template has only maintenance purposes. For linking to local translations please use interlanguage links, see Help:i18n#Interlanguage links.


Local languages: Català – Dansk – English – Español – Esperanto – Hrvatski – Indonesia – Italiano – Lietuviškai – Magyar – Nederlands – Norsk Bokmål – Polski – Português – Slovenský – Česky – Ελληνικά – Български – Русский – Српски – Українська – עברית – العربية – ไทย – 日本語 – 正體中文 – 简体中文 – 한국어


External languages (all articles in these languages should be moved to the external wiki): Deutsch – Français – Română – Suomi – Svenska – Tiếng Việt – Türkçe – فارسی

Resumo help replacing me
GDM é a sigla para GNOME Display Manager, um software gráfico gerenciador de login. Este artigo cobre a sua instalação e configuração.
Artigos relacionados
Display Manager

Dá página do GDM - GNOME Display Manager:

GDM é sigla para GNOME Display Manager (Gerenciador de Display do GNOME, numa tradução para o português). É um o pequeno programa que roda em segundo plano, carrega suas sessões do X, se apresenta a você como uma tela de login e lhe impede o acesso caso tenha esquecido sua senha. Ele faz praticamente tudo que você gostaria de ver no xdm, mas sem os problemas do mesmo. O GDM não utiliza nenhum código do XDM. Suporta o XDMCP e na verdade, estende-o um pouco a lugares que faltavam no xdm(mas ainda compatível com o XDMCP do xdm).

Display managers fornece X Window System para usuários no login no prompt.

Instalação

Para instalar o GDM (parte do Gnome-Extra), digite no prompt:

# pacman -S gdm

Para criar o login gráfico o metódo tradicional de logar no sistema, edite seu arquivo /etc/inittab (recomendado). Pode adicionar como alternativa o gdm na sua lista de daemons em /etc/rc.conf. Estes procedimentos estão detalhados na página do Display Manager.

Se está acostumado a usar o arquivo ~/.xinitrc para passar o argumento do servidor X quando é iniciado, por exemplo xmodmap ou xsetroot, você pode observar que pode adicionar o comando para xprofile. Exemplo:

~/.xprofile
#!/bin/sh

#
# ~/.xprofile
#
# Executed by gdm at login
#

xmodmap -e "pointer=1 2 3 6 7 4 5" # conjunto de botões do mouse
xsetroot -solid black              # define o background

Configuração

Você não pode mas usar o comando gdmsetup para configuração do GDM na versão 2.28. O comando foi removido, e o GDM foi padronizado e integrado com o restante do GNOME.

Você pode instalar o gdm2setup que está no AUR para configuração do GDM, ou acompanhe a instrução:

Permitir acesso para configurar servidor X

# xhost +SI:localuser:gdm

Para configurar o tema para GDM, use o comando:

# -u gdm dbus-launch gnome-appearance-properties

Para mais opções de configuração, use este comando:

# -u gdm dbus-launch gconf-editor

E segue a modificação de hierarquia:

/apps/gdm/simple-greeter
/desktop/gnome/interface
/desktop/gnome/background

Se este comando falhar com o erro "Não pode abrir o display" quando iniciar GDM, você pode abrir duas janelas no login automático no GDM. Primeiro crie o comando (como root):

# cp -t /usr/share/gdm/autostart/LoginWindow/ /usr/share/applications/gnome-appearance-properties.desktop /usr/share/applications/gconf-editor.desktop

Então saia do usuário e volte ao GDM. Depois da janela de login, aparecerá duas outras janelas. Configure o GDM como deseja, e feche a janela e volte a logar. Quando estiver feito e se quiser não mas abrir com o GDM, execute o comando (como root):

# rm /usr/share/gdm/autostart/LoginWindow/gnome-appearance-properties.desktop /usr/share/gdm/autostart/LoginWindow/gconf-editor.desktop
Nota: Apesar que os seguintos comandos podem usar o sudo, você precisa de executar como root! ("su -" trabalhando)

Para mais informações e as configurações avançadas leia aqui.

Você também pode ler sobre GNOME 2.28 Changes.

Nota-se que está com a versão 1.6.1 do xorg-server Template:Keypress+Template:Keypress+Template:Keypress não reinicia mas o gdm. A instrução para re-habilitar este procedimento, veja Xorg#Ctrl-Alt-Backspace doesn't work.

Login automático

Para habilitar o login automático com GDM, adicione o seguinte na /etc/gdm/custom.conf (substituição do usuário que vai auto-logar):

/etc/gdm/custom.conf
# Enable automatic login for user
[daemon]
AutomaticLogin=username
AutomaticLoginEnable=True

Ou atraso no login automática:

/etc/gdm/custom.conf
[daemon]
# for login with delay
TimedLoginEnable=true
TimedLogin=username
TimedLoginDelay=1

Login sem senha

Se deseja ignorar a senha no GDM adicione a seguinte linha /etc/pam.d/gdm :

auth sufficient pam_succeed_if.so user ingroup nopasswdlogin

Verifique se a linha vai ficar no lado direito contendo "pam_unix.so".

Depois, adicione o grupo nopasswdlogin no seu sistema. Você pode realizar pelo gráfico também, em Sistemas > Administração > Usuários e Grupos. Veja em Group a descrissão e os comandos de gerenciamento de grupo.

Agora, quando acessar em Sitemas > Administração > Usuários e Grupos (como root) e definir seu usuário para "Senha: não pediu no login" (você criou a opção "Nâo perguntar mas a senha de login"), seu usuário adicionou automaticamente no grupo "nopasswdlogin", agora simplesmente terá que clicar no seu nome de usuário e registrará a senha que vai ser ignorada totalmente!

Warning: NÃO FAÇA COM A CONTA DE ROOT!

GDM legacy

Se você deseja voltar para o antigo GDM, possui uma ferramenta para as configurações, para compilar e instalar no AUR gdm-old.

Solução de problemas

Falha de Login no GDM

Se o GDM iniciar adequadamente no boot, mais não com várias tentantivas de login, adicione esta linha do daemon /etc/gdm/custom.conf:

GdmXserverTimeout=60

gconf-sanity-check-2 saiu com status 256

Se o GDM aparecer um erro sobre gconf-sanity-check-2, você pode verificar a permissão na /home e /etc/gconf/gconfig.xml.system (deve ser 755). Se aparecer a mensagem no GDM, apague os aquivos na home. Como root:

rm -rf /var/lib/gdm/.*

Login de root no GDM

Não é aconselhavel realizar login como root, se for necessário edite /etc/gdm/custom.conf e adicione:

[security]
AllowRoot=true

Você deve fazer o login como root após reiniciar o GDM.

GDM sempre usa teclado padrão US-keyboard

Problema: O layout do teclado é sempre para US; o layout é redefinido quando o teclado é plugado.

Solução: Edite ~/.dmrc

[Desktop]
Language=de_DE.UTF-8   # Padrão da linguagem
Layout=de   nodeadkeys # Layout do teclado