Difference between revisions of "IPv6 (Português)"

From ArchWiki
Jump to: navigation, search
(Created page with "Category:Networking (Português) {{i18n|Desabilitando o IPv6}} Não somente pela demora mas também pelo 250k de memória usado pelo módulo IPv6, relata-se que se desabilit...")
 
m (fixed i18n link)
Line 1: Line 1:
 
[[Category:Networking (Português)]]
 
[[Category:Networking (Português)]]
{{i18n|Desabilitando o IPv6}}
+
{{i18n|Disabling IPv6}}
  
 
Não somente pela demora mas também pelo 250k de memória usado pelo módulo IPv6, relata-se que se desabilitar o módulo nota-se uma melhora ao acesso a rede pelos softwares que erroneamente tentam consultar servidores com essa nova versão. Aliás, o [[Firefox]] está na lista dos aplicativos afetados. Então, até a adoção generalizada do IPv6, a desativação do módulo é recomendada.
 
Não somente pela demora mas também pelo 250k de memória usado pelo módulo IPv6, relata-se que se desabilitar o módulo nota-se uma melhora ao acesso a rede pelos softwares que erroneamente tentam consultar servidores com essa nova versão. Aliás, o [[Firefox]] está na lista dos aplicativos afetados. Então, até a adoção generalizada do IPv6, a desativação do módulo é recomendada.

Revision as of 12:14, 25 August 2011

This template has only maintenance purposes. For linking to local translations please use interlanguage links, see Help:i18n#Interlanguage links.


Local languages: Català – Dansk – English – Español – Esperanto – Hrvatski – Indonesia – Italiano – Lietuviškai – Magyar – Nederlands – Norsk Bokmål – Polski – Português – Slovenský – Česky – Ελληνικά – Български – Русский – Српски – Українська – עברית – العربية – ไทย – 日本語 – 正體中文 – 简体中文 – 한국어


External languages (all articles in these languages should be moved to the external wiki): Deutsch – Français – Română – Suomi – Svenska – Tiếng Việt – Türkçe – فارسی

Não somente pela demora mas também pelo 250k de memória usado pelo módulo IPv6, relata-se que se desabilitar o módulo nota-se uma melhora ao acesso a rede pelos softwares que erroneamente tentam consultar servidores com essa nova versão. Aliás, o Firefox está na lista dos aplicativos afetados. Então, até a adoção generalizada do IPv6, a desativação do módulo é recomendada.

Desde a versão Oficial do Kernel26 do Arch Linux e do pacote 2.6.16.2-1, o IPv6 não é compilado diretamente no Kernel, mas como um módulo intitulado ipv6. Muitos usuário não necessita deste recurso, e pode obter benefícios de performance (muitos programas consultam primeiro o endereço IPv6, mesmo sem saber que possui conectividade IPv6) e mais memória livre (250k, é um módulo grande e poderoso) se for removido.

1° Método: Desativar até quando for necessário

O módulo ipv6 normalmente é carregado no boot. Existe muitos programas que também irá carregar o módulo ipv6 após a inicialização do sistema. Na verdades, este programas carregam o net-pf-10, que é um aliase para ipv6. Você pode parar toda essa atividade se quiser. Adicionado a seguinte linha no arquivo Template:Filename irá desativar o carregamento automático do ipv6, mas ainda permite o carregamento manual se necessário.

# Desabilitando o carregamento automático do ipv6
alias net-pf-10 off

2° Método: Desabilitar a funcionalidade

Um outro método é desabilitar o módulo completamente, adicionando a seguinte linha no arquivo Template:Filename:

options ipv6 disable=1
Nota: Este método não impede realmente o carregamento do módulo. O módulo é carregado para a memória (250k de memória) mas desabilita a funcionalidade. Veja Fontes Adicionais ir para o post no Fórum Internacional do Arch Linux sobre está discursão.

Desabilitando o IPv6 durante a pre-inicialização do processo

Você pode também adicionar Template:Filename para seu Template:Filename e rebuild the kernel ram disk

Fontes Adicionais