Difference between revisions of "Installing with Fake RAID (Português)"

From ArchWiki
Jump to: navigation, search
(Instalar o ArchLinux utilizando Fake RAID)
 
Line 1: Line 1:
O objetivo deste guia é para permitir a utilização de um conjunto RAID criado através da controladora RAID on-board e assim permitir o dual-boot do Linux e do Windows a partir de partições dentro do conjunto RAID usando o GRUB. Ao utilizar os chamados "Fake RAID"ou "Host RAID", os conjuntos de discos são atingidos a partir de /dev/mapper/chipsetName_randomName e não /dev/sdX.
+
O objetivo deste guia é permitir a utilização de um arranjo RAID criado através da controladora RAID on-board e assim permitir o dual-boot do Linux e do Windows a partir de partições dentro do conjunto RAID usando o GRUB. Ao utilizar os chamados "Fake RAID"ou "Host RAID", os conjuntos de discos são atingidos a partir de /dev/mapper/chipsetName_randomName e não /dev/sdX.
 +
 
 +
==Instalação==
 +
 
 +
Com os RAID definidos no BIOS da placa-mãe inicie o CD do ArchLinux.
 +
 
 +
===Inicie o dmraid===
 +
Inicie o "device-mapper" e procure os arranjos RAID:
 +
 
 +
# modprobe dm_mod
 +
# dmraid -ay
 +
# ls -la /dev/mapper/
 +
 
 +
Exemplo de saída:
 +
 
 +
/dev/mapper/control            <- Criado pelo device-mapper
 +
/dev/mapper/sil_aiageicechah  <- O arranjo RAID na controladora Silicon Image
 +
/dev/mapper/sil_aiageicechah1  <- Primeira partição nesse arranjo RAID
 +
 
 +
Se houver apenas um arquivo ({{Filename|/dev/mapper/control}}), verifique se o módulo do seu chipset está carregado com {{Codeline|lsmod}}. Se estiver carregado, então o dmraid não suporta essa controladora, ou não existem arranjos RAID no sistema (verifique a BIOS RAID novamente). Se tudo estiver correto, então você será forçado a utilizar [[Installing with Software RAID or LVM|Software RAID]] (não será possível fazer Dual Boot com essa controladora).
 +
 
 +
Se o módulo do seu chipset não foi carregado, faça-o agora. Como no exemplo:
 +
 
 +
# modprobe sata_sil
 +
 
 +
Veja {{Filename|/lib/modules/`uname -r`/kernel/drivers/ata/}} para os drivers disponíveis.
 +
 
 +
Para testar os arranjos raid:
 +
 
 +
# dmraid -tay
 +
 
 +
==Continue com a instalação normal==
 +
 
 +
Mude para o '''tty2''' e inicie o instalador:
 +
 
 +
# /arch/setup
 +
 
 +
===Particionamento do arranjo RAID===

Revision as of 01:20, 29 May 2011

O objetivo deste guia é permitir a utilização de um arranjo RAID criado através da controladora RAID on-board e assim permitir o dual-boot do Linux e do Windows a partir de partições dentro do conjunto RAID usando o GRUB. Ao utilizar os chamados "Fake RAID"ou "Host RAID", os conjuntos de discos são atingidos a partir de /dev/mapper/chipsetName_randomName e não /dev/sdX.

Instalação

Com os RAID definidos no BIOS da placa-mãe inicie o CD do ArchLinux.

Inicie o dmraid

Inicie o "device-mapper" e procure os arranjos RAID:

# modprobe dm_mod
# dmraid -ay
# ls -la /dev/mapper/

Exemplo de saída:

/dev/mapper/control            <- Criado pelo device-mapper
/dev/mapper/sil_aiageicechah   <- O arranjo RAID na controladora Silicon Image
/dev/mapper/sil_aiageicechah1  <- Primeira partição nesse arranjo RAID

Se houver apenas um arquivo (Template:Filename), verifique se o módulo do seu chipset está carregado com Template:Codeline. Se estiver carregado, então o dmraid não suporta essa controladora, ou não existem arranjos RAID no sistema (verifique a BIOS RAID novamente). Se tudo estiver correto, então você será forçado a utilizar Software RAID (não será possível fazer Dual Boot com essa controladora).

Se o módulo do seu chipset não foi carregado, faça-o agora. Como no exemplo:

# modprobe sata_sil

Veja Template:Filename para os drivers disponíveis.

Para testar os arranjos raid:

# dmraid -tay

Continue com a instalação normal

Mude para o tty2 e inicie o instalador:

# /arch/setup

Particionamento do arranjo RAID