Difference between revisions of "Start X at Boot (Português)"

From ArchWiki
Jump to: navigation, search
(Adding to language-category format)
(moving to general language category)
Line 1: Line 1:
[[Category:X Server (Português do Brasil)]]
+
[[Category:X Português do Brasil]]
[[Category:Boot process (Português do Brasil)]]
+
[[Category:FAQs (Português do Brasil)]]
+
 
{{i18n_links_start}}
 
{{i18n_links_start}}
 
{{i18n_entry|Português do Brasil|Iniciando o X no boot}}
 
{{i18n_entry|Português do Brasil|Iniciando o X no boot}}

Revision as of 03:14, 8 December 2009

Template:I18n links start Template:I18n entry Template:I18n entry Template:I18n entry Template:I18n links end

Utilizando um editor de sua preferência edite o arquivo /etc/inittab. Localize a seguinte linha (ela deve ser uma das primeiras não-comentadas):

id:3:initdefault:

Mude-a, trocando o 3 por 5, deixando assim:

id:5:initdefault:

Assim o sistema inicializará no modo gráfico. Ou seja, você deverá ter um Display Manager como o KDM, GDM ou XDM (mais conhecidos). Você pode editar a última linha do /etc/inittab para iniciar o KDM ou GDM ao invés do XDM.

Existe um tópico no fórum do Arch Linux que cobre este assunto.

Maneiras alternativas

Uma maneira mais simples é adicionar um dos gerenciadores (kdm, gdm ou xdm) no array DAEMONS do arquivo /etc/rc.conf. Para isto, deverá existir um arquivo relacionado ao gerenciador escolhido no /etc/rc.d.

Outra alternativa: adicionar algo como

if [[ -z "$DISPLAY" ]] && [[ $(tty) = /dev/vc/1 ]]; then
  startx
fi

no final do arquivo ~/.bashrc. Assim, o X é iniciado automaticamente quando você efetuar login no primeiro console.

Iniciando o X sem precisar logar

Existem maneiras de driblar os gerenciadores de display e iniciar diretamente no seu ambiente preferido. Uma delas consiste em editar algumas linhas do /etc/inittab.

Primeiro localize as duas linhas relativas ao INIT. Por exemplo:

id:3:initdefault:

[...]

x:5:respawn:/usr/X11R6/bin/xdm -nodaemon

Altere as duas linhas e deixe da seguinte maneira:

id:5:initdefault:

[...]

x:5:once:/bin/su SEU_USUARIO -l -c "/bin/bash --login -c startx >/dev/null 2>/dev/null"

Substitua SEU_USUARIO pelo nome de usuário que será utilizado para logar no sistema.

Você pode, ainda, substituir o startx na segunda linha e referenciar algum script personalizado.

Colocar startkde ou startxfce4, por exemplo, no /etc/rc.local é uma opção. Porém, note que o X e o ambiente escolhido serão executados pelo root, o que não é recomendado.