Podman (Português)

From ArchWiki
Jump to navigation Jump to search
Status de tradução: Esse artigo é uma tradução de Podman. Data da última tradução: 2020-06-30. Você pode ajudar a sincronizar a tradução, se houver alterações na versão em inglês.

Podman é uma alternativa ao Docker, fornecendo uma interface similar.

Instalação

Instale o pacote podman. Além disso, se você deseja criar imagens de contêiner, consulte Buildah.

Ao contrário do Docker, o Podman não requer um daemon, mas existe um que fornece uma API para serviços como o cockpit via cockpit-podman.

Por padrão, só é possível executar contêineres do Podman como root. Consulte Podman sem root para configurar contêineres em execução sem ser o usuário root.

Configuração

Arquivos de configuração para configurar como os contêineres se comportam estão localizados em /etc/containers. Para configurar a interface da ponte de rede usada pelo Podman, consulte /etc/cni/net.d/87-podman-bridge.conflist

Podman sem root

Para possibilitar contêineres do podman serem executados sem ser como usuário root no sistema, configure /etc/subuid e /etc/subgid com um nome de usuário/nome do grupo, iniciando o tamanho do intervalo UID/GID e UID/GID para alocar o usuário e o grupo remapeado. Este exemplo aloca um intervalo de 4096 UIDs e GIDs a partir de 165536 para o usuário e grupo do podman.

/etc/subuid
podman:165536:4096
/etc/subgid
podman:165536:4096

Depois disso, o usuário/grupo podman pode iniciar e executar contêineres podman.

Imagens

Arch Linux

O comando a seguir obtém a imagem x86_64 do Arch Linux do Docker Hub. Esta é uma versão simplificada do núcleo do Arch sem rede, etc.

# podman pull docker.io/archlinux

Veja também README.md.

Para uma base completa do Arch, clone o repositório do link acima e compile sua própria imagem.

$ git clone https://github.com/archlinux/archlinux-docker.git

Certifique-se que o pacote devtools esteja instalado.

Edite o arquivo packages de forma que ele contenha 'base'. Então, execute:

# make rootfs
# podman build -t archlinux .+

Alpine Linux

Alpine Linux é uma escolha popular para imagens de contêineres pequenos, especialmente para software compilado como binários estáticos. O comando a seguir obtém a imagem mais recente do Alpine Linux em Docker Hub:

# podman pull docker.io/alpine

O Alpine Linux usa a implementação libc musl libc em vez da implementação libc glibc usada pela maioria das distribuições Linux. Como o Arch Linux usa glibc, existem várias diferenças funcionais entre um host do Arch Linux e um contêiner Alpine Linux que podem afetar o desempenho e a correção do software. Uma lista dessas diferenças está documentada aqui.

Observe que o software vinculado dinamicamente e compilado no Arch Linux (ou em qualquer outro sistema que use glibc) pode ter bugs e problemas de desempenho quando executado no Alpine Linux (ou em qualquer outro sistema usando uma libc diferente). Consulte [1], [2] e [3] para exemplos.

CentOS

O comando a seguir baixa a imagem mais recente do Centos do Docker Hub:

# podman pull docker.io/centos

Consulte a página do Docker Hub para obter uma lista completa das tags disponíveis para cada versão do CentOS.

Debian

O comando a seguir baixa a imagem mais recente do Debian do Docker Hub:

# podman pull docker.io/debian

Consulte a página do Docker Hub para obter uma lista completa das tags disponíveis, incluindo ambas versões padrão e slim para cada lançamento do Debian.

Veja também