Sound system (Português)

From ArchWiki
Jump to: navigation, search
Status de tradução: Esse artigo é uma tradução de Sound system. Data da última tradução: 2018-09-23. Você pode ajudar a sincronizar a tradução, se houver alterações na versão em inglês.

Esse artigo é sobre gerenciamento básico de som. Para tópicos avançados, veja áudio profissional.

Informações gerais

O sistema de som do Arch consiste em vários níveis:

  • Drivers e interface – suporte e controle de hardware
  • API (bibliotecas) de modo de usuário – utilizado e exigido por aplicativos
  • (opcional) Servidores de som de modo de usuário – melhor para desktop complexos, necessário para vários apps de áudio simultâneos e vital para as capacidades mais avançadas, por exemplo, áudio pro
  • (opcional) Frameworks de som – ambientes de aplicativos de alto nível não envolvendo processos de servidor

Uma instalação padrão do Arch já inclui o sistema de som do kernel (ALSA), e muitos utilitários para ele podem ser instalados a partir dos repositórios oficiais. Se você quiser recursos adicionais, pode alternar para OSS ou instalar um dos vários servidores de som.

Drivers e interface

  • ALSA — Um componente do kernel do Linux que fornece drivers de dispositivo e suporte de nível mais baixo para hardware de áudio.
http://www.alsa-project.org/ || presente no kernel padrão
  • Open Sound System (OSS) — Uma arquitetura de som alternativa para sistemas compatíveis com Unix e POSIX. O OSS versão 3 foi o sistema de som original para Linux e está no kernel, mas foi substituído pelo ALSA em 2002, quando o OSS versão 4 se tornou software proprietário. O OSSv4 tornou-se software livre novamente em 2007, quando a 4Front Technologies divulgou seu código-fonte e o forneceu sob a GPL. O OSS não possui suporte a uma variedade tão grande de hardware como o ALSA, mas é melhor para alguns.
http://www.opensound.com/ || ossAUR

Servidores de som

  • PulseAudio — Um servidor de som muito popular, utilizável pela maioria dos aplicativos de desktop comuns hoje em dia. Muito bom em lidar com várias entradas simultâneas e também pode fazer áudio de rede. Muito fácil de começar a trabalhar, na verdade, muitas vezes tudo o que tem a fazer é instalar o pacote e ele será executado automaticamente. Não destinado a aplicativos pro audio de baixa latência.
https://www.freedesktop.org/wiki/Software/PulseAudio/ || pulseaudio
  • JACK Audio Connection Kit — A edição mais antiga de um servidor de som para uso profissional de áudio, especialmente para aplicativos de baixa latência, incluindo gravação, efeitos, síntese em tempo real e muitos outros. Embora esta edição seja a mais antiga, ela mantém uma equipe de desenvolvimento muito ativa e dedicada, e a edição a ser usada não é clara, a tentativa e o erro geralmente são úteis.
http://jackaudio.org/ || jack
  • JACK2 — Esta é a edição mais recente do JACK, projetada explicitamente para sistemas multiprocessados e também inclui transporte pela rede.
https://github.com/jackaudio/jackaudio.github.com/wiki/Q_difference_jack1_jack2 || jack2
  • JACK2 with D-Bus — Este é o JACK2 com uma arquitetura de inicialização diferente, capaz de funcionar bem em todos os momentos em coexistência com os aplicativos PulseAudio e não-JACK, o que é um problema para as outras duas categorias de configuração do JACK.
https://github.com/jackaudio/jackaudio.github.com/wiki/WalkThrough_User_jack_control || jack2-dbus
  • NAS — Este é um servidor de som suportado por alguns dos principais aplicativos.
https://www.radscan.com/nas/nas-links.html || nasAUR

Veja também