Virt-Manager (Português)

From ArchWiki
Status de tradução: Esse artigo é uma tradução de Virt-Manager. Data da última tradução: 2022-11-19. Você pode ajudar a sincronizar a tradução, se houver alterações na versão em inglês.

Tango-view-fullscreen.pngThis article or section needs expansion.Tango-view-fullscreen.png

Reason: Este artigo é relativamente novo e, portanto, não é uma expansão completa, é altamente apreciada. (Discuss in Talk:Virt-Manager)

Virt-Manager é um front-end gráfico de usuário para o Libvirt biblioteca que fornece serviços de gerenciamento de máquinas virtuais. A interface do Virt-manager torna mais fácil para o usuário criar, excluir e manipular máquinas virtuais sem passar pelo terminal.

Virt-manager oferece suporte principalmente a KVM, mas pode funcionar com outros hipervisores como Xen e LXC.

Instalação

Instale virt-manager qemu-desktop libvirt edk2-ovmf dnsmasq iptables-nft.

Tango-inaccurate.pngThe factual accuracy of this article or section is disputed.Tango-inaccurate.png

Reason: Virt-O Manager também oferece suporte a sessões de usuário QEMU/KVM que não requerem iniciar/ativar manualmente nenhuma unidade. (Discuss in Talk:Virt-Manager)

Para usar a variante padrão do sistema (root) de libvirtd inicie/habilite libvirtd.service.

Você pode verificar o status do unit para garantir que o serviço esteja em execução.

Configuração

Para usar como um usuário normal sem root precisamos configurar o KVM, isso também habilitará os componentes de rede libvirt.

Defina a propriedade do soquete do domínio UNIX como libvirt e a permissão do soquete UNIX para leitura e gravação.

/etc/libvirt/libvirtd.conf
...
unix_sock_group = 'libvirt'
...
unix_sock_rw_perms = '0770'
...

Adicione seu usuário ao grupo de usuários libvirt.

Adicione seu usuário a /etc/libvirt/qemu.conf. Caso contrário, o QEMU fornecerá um erro de permissão negada ao tentar acessar as unidades locais.

Procure por user = "libvirt-qemu" ou group = "libvirt-qemu", descomente ambas as entradas e altere libvirt-qemu ao seu nome de usuário ou ID. Uma vez editado, deve ficar algo como abaixo.

/etc/libvirt/qemu.conf
# Alguns exemplos de valores válidos são:
#
#       user = "qemu"   # A user named "qemu"
#       user = "+0"     # Super user (uid=0)
#       user = "100"    # A user named "100" or a user with uid=100
#
user = "nome-de-usuário"

# The group for QEMU processes run by the system instance. It can be
# specified in a similar way to user.
group = "nome-de-usuário"

Ao abrir o Virt-Manager, o padrão será a variante do sistema (root) da conexão QEMU.

Isso pode ser alterado para a conexão do usuário acessando: File > Add Connection.

Agora selecione QEMU/KVM User session como Hypervisor e clique em OK. Isso agora se conectará automaticamente à sessão do usuário. Agora você pode desconectar e remover a conexão do sistema, se desejar.